Santa Inês volta a ser sinônimo de Violência e Criminalidade

       Enquanto a prefeita Vianey “Viajando” Bringel segue recebendo suas diárias – o que é de direito, mas imoral, pois em meio a justificativa de crise, que não tem dinheiro para desenvolver a cidade, o pouco que tem banca viagens -, a cidade de Santa Inês enfrenta um momento difícil. Portanto, o assunto hoje é grave. Infelizmente a cidade de Santa Inês volta a ser vista como uma cidade extremamente violenta.

       Santa Inês voltou a ser aquela velha cidade, na qual a violência era sua marca nacional. Basta lembrar como a cidade foi conhecida há algumas décadas: “quer um pistoleiro? ligue 851 e acrescente qualquer numero”. Assim era nossa fama. Pois bem, se hoje aparecer um anuncio “ligue 3653 e acrescente qualquer número” você pode localizar tanto o matador quanto a vitima, pois estamos numa situação em que o matador até avisa antes de cometer o crime. 

       A violência urbana e gratuita tem acabado com vidas e destruído famílias em Santa Inês. A gestora municipal, diga-se de passagem é aliada de primeira ordem do governador Flávio Dino, não tem feito nada, absolutamente nada, para conter a escalada da violência em nossa cidade. A população já está se acostumando a viver na expectativa de vários assassinatos por semana; geralmente a matança não tem dia nem hora, e o mais incrível, não tem um seguimento especifico, mata-se e morre-se por nada ou por muito pouco, apenas pela facilidade de praticar o delito e pela ausência do estado.

       E assim segue o caminho da violência e da negligência, a prefeita viajando e o povo matando ou morrendo. Parece até rima pobre em proza e verso, mas é a mais pura verdade. A gestão da esposa do “trator de obras” não sai do negativo, é descaso em todas as áreas. A prefeita desconhece o que é necessidade extrema, aliás, acredito que ela não sabe o que é depender de políticas públicas para nada.

       Quando o assunto é violência, o casal Bringel anda desprovido de proteção??? Claro que não! Logo, eles não sabem como resolver ou sequer buscam solucionar o problema de segurança pública. A atual gestão chegou ao final do primeiro ano e não apresenta nada de positivo, nenhuma semente foi plantada. Na segurança pública seguimos contando os números de mortes, assaltos, agressões, furtos e roubos, pois contar com melhorias, por parte da gestão municipal, já sabemos que não podemos. Ou você acredita que sejam capazes de fazer algo por nossa segurança??? 

       Relembrar não faz mal a ninguém e lembranças boas nos trazem a capacidade de quem trabalha de verdade. Vamos recordar que o ex prefeito Valdevino Cabral Filho tirou a cidade de Santa Inês das paginas policiais do Brasil e implantou um regime de paz e amizade, por 12 anos de gestão Cabral, somados a 4 anos da gestão Alexandre Dames. A cidade reinou sob a paz e harmonia. De lá pra cá a segurança pública de Santa Inês foi corroída por ratos de porões, que trouxeram nossa cidade novamente a esse patamar de violência e insegurança.

2 comentários sobre “Santa Inês volta a ser sinônimo de Violência e Criminalidade

Deixe uma resposta