Feliz dia aos professores!

       Hoje é o Dia dos Professores! Para muitos é o dia dos heróis ou até mesmo dos super heróis. A busca do elo perdido entre a teoria e a prática  nunca chega ao fim, pois  a cada 15 de outubro se repetem as mesmas exaltações em ralação à profissão de professor. Passada esta data, o professor volta a ser perseguido, maltratado, mal pago, trabalhar em condições desumanas e desvalorizado.

       Mas neste 15 de outubro prefiro me referir aos professores como o que temos de melhor na sociedade e no mercado de trabalho. Na sociedade por acumular uma função humana e solidária, desprovida de troca de favores ou de benefícios; o professor mantém uma condição necessária na ligação entre família e o ser social, pois é ele que educa, reeduca ou lapida o ser gente para o convívio social. No mercado de trabalho porque o professor, sendo bem remunerado ou não, nunca forja uma produção a mais, não “opera milagre” para aumentar seu salário ao final do mês; o professor é honesto por natureza, na sua função de professor, mesmo sabendo que recebe salário indigno com sua necessidade, mantem-se firme na proliferação de valores humanitários, sociais, religiosos, morais, de caráter e de família. Talvez seja daqui que vem essa fama de serem Super no que se propuseram a fazer.

       PARABÉNS AOS PROFESSORES! Não posso deixar de fazer uma dedicação especial aos seguintes professores: ESCOLA  NEUSA BASTOS, UEMA, GEOGRAFIA, UFMA, ODONTOLOGIA,  UNR, UESPI, FESPSP, FAESF, FLORENCE, CEUMA, DIREITO, ESCOLA PADRE CHAGAS, ESCOLA FERNANDO PERDIGÃO, ESCOLA DEYSE GALVÃO, ESCOLA PRESIDENTE JOSÉ SARNEY, CEGEL, ESCOLA COMERCIAL, ANGLOVEST, ALEXANDRE COSTA E, EM ESPECIAL, A ESCOLA INÊS GALVAO, QUE FEZ MINHA BASE ACADÊMICA DE FORMAÇÃO PESSOAL, HUMANA E CIENTIFICA.

Deixe uma resposta